Para rir! Marcelo Adnet, Gregório Duvivier, Rafael Queiroga e Fernando Caruso levam o Zenas Emprovisadas para Recife, dia 3 de outubro!

Para rir! Marcelo Adnet, Gregório Duvivier, Rafael Queiroga e Fernando Caruso levam o Zenas Emprovisadas para Recife, dia 3 de outubro!   teatro

O grupo Z.É. Zenas Emprovisadas vem a Olinda para mostrar que teatro e humor combinam com improvisação. Humoristas de sucesso como Marcelo Adnet, Gregório Duvivier, Rafael Queiroga e Fernando Caruso comandam a atração no dia 3 de outubro, às 21h, no Teatro Guararapes.

Marcelo Adnet e Rafael Queiroga já apresentaram juntos o programa 15 minutos, da MTV Brasil. Queiroga começou como roteirista, mas depois coapresentou o humorístico ao lado de Adnet. O grupo ficou conhecido por “bolar” piadas com situações inusitadas.

Já Gregório Duvivier ficou mais conhecido pela atuação nos vídeos do Porta do Fundos, canal do YouTube, mas já interpretou personagens na telinha.

Fernando Caruso fez vários personagens do Zorra Total (TV Globo), mas atualmente participa do Vai que cola, do canal pago Multishow, onde também foi jurado do Prêmio Multishow de Humor, em 2013. Os ingressos estão à venda na bilheteria do local e custam R$ 80 (plateia), R$ 40 (meia); R$ 80 (primeiro andar) e R$ 40 (meia).

Ponto de Venda :

*Bilheteria do Teatro
Av. Prof. Andrade Bezerra, 0 – Salgadinho
Horário de Funcionamento: das 09:00h às 18:00h.
*Quiosque do Jornal do Comercio no Shopping Rio Mar
*Site do Ingresso Rápido: www.ingressorapido.com.br
Maiores informações: 81 – 3182-8020

Fonte: Diario de Pernambuco

“Histórias de Amor”: conheça sinopse da comédia que tem a participação de Dani Calabresa

“Histórias de Amor”: conheça sinopse da comédia que tem a participação de Dani Calabresa   dani calabresa marcelo adnet

Histórias de Amor, comédia romântica da Disney que será protagonizada por Clarice Falcão e Gregório Duvivier. Tomas Portella, de Qualquer Gato Vira-Lata (2011), assina a direção.

Na história, Gregório dará vida a um rapaz com dupla personalidade envolvido, por conta disso, em uma grande confusão amorosa. Se um de seus “eus” possui um relacionamento estável com a noiva (Dani Calabresa), o alter-ego acabará apaixonado por uma jovem (Clarice) a quem acaba de conhecer.

Também está confirmado no elenco o ator Marcos Caruso, que fará o papel do pai de Duvivier. Ainda sem previsão de estreia, Histórias de Amor será co-produzido com a Gullane Filmes e terá roteiro de Adriana Falcão e Tatiana Maciel.

Clarice e Gregório namoram desde 2009 e trabalham juntos na trupe Porta dos Fundos, que faz vídeos de humor para a Internet. Eles já chegaram a contracenar no longa Eu Não Faço a Menor Ideia Do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida, protagonizado por Clarice no ano passado.

Fonte: Portal Vertube

Dia 3 de outubro, ZÉ – Zenas Emprovisadas em Recife, Gregorio Duvivier faz o convite!

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência:
*Bilheteria do Teatro
Av. Prof. Andrade Bezerra, 0 – Salgadinho
Horário de Funcionamento: das 09:00h às 18:00h.
*Quiosque do Jornal do Comercio no Shopping Rio Mar
*Site do Ingresso Rápido: www.ingressorapido.com.br
Maiores informações: 81 – 3182-8020

Z.É – Zenas Emprovisadas com Marcelo Adnet, Fernando Caruso, Gregório Duvivier e Rafael Queiroga dia 3 de outubro em Recife!

Z.É   Zenas Emprovisadas com Marcelo Adnet, Fernando Caruso, Gregório Duvivier e Rafael Queiroga dia 3 de outubro em Recife!   teatro

A estréia de Z.É (Zenas Emprovisadas) aconteceu em 2003, em um pequeno espaço no Rio de Janeiro e tornou-se sucesso de bilheteria, com sessões lotadas até hoje.

Z.É. é uma maratona de improvisação, com um elenco fixo de atores: FERNANDO CARUSO, GREGÓRIO DUVIVIER, MARCELO ADNET, RAFAEL QUEIROGA.

Vencedor do Prêmio Shell em 2005 e assistido por mais de 150 mil pessoas, o espetáculo se renova a cada apresentação com a participação de um ator e um diretor convidados e do público, que sugere cenas que serão interpretadas na hora. A maratona de improvisação tem tido impacto inédito no teatro brasileiro, criando um espetáculo único, diferente a cada apresentação.

Com uma hora de duração, o espetáculo é dividido em três blocos:

Um esquete de humor (diferente a cada apresentação) – com elenco.

Uma aula ao vivo de teatro (diferente a cada apresentação) – o diretor convidado prepara uma aula surpresa e propõe exercícios de improvisação aos atores, comentando objetivos e resultados para a plateia.

Jogos de improvisação fixos – o público sugere frases e inventa situações que serão vividas pelos atores, com coordenação do diretor convidado. Os jogos de improvisação são os mesmos, contudo com sugestões e resultados completamente diferentes. Tudo ao vivo e a cores, feito na hora.

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Bilheteria do Teatro
Av. Prof. Andrade Bezerra, 0 – Salgadinho
Horário de Funcionamento: das 09:00h às 18:00h.

 

Marcelo Adnet participa do ultimo episodio da Grande Família que vai ao ar hoje!

Marcelo Adnet participa do ultimo episodio da Grande Família que vai ao ar hoje!   2014

Na última cena do derradeiro capítulo de “A grande família”, que vai ao ar HOJE depois de “Império”, a família Silva se reúne em frente à TV para assistir à estreia de… “A grande família”. A metalinguagem foi a forma encontrada pela equipe de se despedir com humor e emoção da série, que chega ao fim depois de 14 anos no ar na Globo.

— Na história, a família recebe um telefonema da TV Globo dizendo que eles foram escolhidos para ser o modelo, a inspiração, de um seriado que a emissora está desenvolvendo. Vai um diretor visitá-los, dizendo que quer gravar uma comédia. O Lineu logo desconfia: “Ué, mas nós não somos engraçados…”, ele diz. Mas acaba convencido ao saber que o Tony Ramos vai interpretá-lo — conta o diretor-geral Luis Felipe Sá.

A família do seriado dentro do seriado terá ainda Gloria Pires (Nenê), Marcelo Adnet (Tuco), Lázaro Ramos (Agostinho), Deborah Secco (Bebel), Alexandre Borges (Paulão), Luana Piovani (Lurdinha) e JP Rufino (Florianinho).

— Todos os personagens vão experimentar essa brincadeira de ter ao lado um ator que vai interpretá-los — completa Luis Felipe.

Mas, é claro, vai ter confusão: Agostinho (Pedro Cardoso) começa a querer cantar de galo e a se meter nos roteiros, e seu personagem é cortado.

Fonte: Globo