Adnet Viaja | Aruba Episódio 02

Marcelo Adnet encontra Bggy Boy e Upgrade Music, grande artistas de Aruba, e fazem um som juntos.Tem também Alvará Garneiro, Tia Creuza e Marco Gracco.

E nesta quarta iremos viajar pra CURAÇAO, preparados?

Plusssss: Confira o vídeo com Dani Calabresa como assistente de um magico?!?!?? em Aruba!

Colaboração: Taynara

Fonte: MTV

Hebe tinha o poder de emocionar, diz Dani Calabresa

O bom humor e os jargões marcantes de Hebe, como “gracinha” e “linda de viver”, bem como seu visual loiro espalhafatoso inspiram imitações de humoristas de todas as gerações.

Dani Calabresa é dona de uma delas. “A imitação de Hebe surgiu em 2010 e foi ideia da Tatá Werneck e do Paulinho Serra, que pensaram em fazer a Hebecam, uma brincadeira com webcam. “Eles perguntaram se eu imitava a Hebe e eu disse que não. Assisti bastante. Não queria fazer uma coisa meia boca. Por sorte, as pessoas gostaram. Fui três vezes ao programa dela.” Veja abaixo:

A comediante diz que ficou muito triste ao saber da notícia. “A minha melhor amiga [Graca Cunha] mandou uma mensagem dizendo que ela tinha morrido. Chamavam ela de Hebe e eu de Nair Bello. A gente adorava”, conta à Folha.

“Sempre admirei muito a Hebe. Ela era engraçada, mas tinha o poder de emocionar todo mundo. E também a postura dela, o salto alto. Eu com 30 anos não consigo me equilibrar no salto daquele jeito. Não tem como não sorrir pensando na Hebe. Ela era uma gracinha, linda de viver, como ela mesma dizia.”

“Dá um desespero pensar que não vou mais poder ir ao programa dela”, desabafa Calabresa, que pensa em fazer uma homenagem “linda” a Hebe no “Comédia MTV”.

No Twitter, Tatá Werneck, colega de Calabresa, também lamentou a morte de Hebe: “Primeira vez que a Hebe faz algo e eu não gosto”.

“Hebe no SBT quase fazendo você chorar. Que mulher!”, comentou Marcelo Adnet.

Fonte: Folha.

Marcelo Adnet fala sobre o filme Os Penetras que fez com Eduardo Sterblitch

Marcelo Adnet fala sobre o filme Os Penetras que fez com Eduardo Sterblitch   cinema

Os Penetras, com Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch

Marcelo Adnet falou sobre o filme Os Penetras, do diretor Andrucha Waddington, em que atua ao lado de Eduardo Sterblich, em entrevista ao Virgula Famosos. A comédia deve estrear nos cinemas no dia 30 de novembro deste ano. “A gente viu o filme outro dia, ficou pronto e estou muito feliz, porque é um filme nacional, engraçado e ao mesmo tempo não é um filme ruim, o que é uma grande surpresa. A gente acha que vai fazer muito sucesso”, disse o apresentador da MTV. Ele também contou sobre os personagens do longa: “Eu faço o Marco Polo, que é um cara esquisitíssimo, um farsante, vive de golpe. O Edu faz o Beto, que é um cara supertímido, quase maluco, vive na fronteira entre o normal, esquisito e maluco, que é o Edu de verdade, eu diria. Quando a gente se encontra no meio do filme, a gente se transforma, quase muda de lugar com o outro”. Além disso, o marido de Dani Calabresa elogiou os companheiros do filme: “O Edu é um grande humorista e o estilo de humor dele é único. A gente conviveu por três meses na mesa fazendo o filme, escrevendo, junto com o Andrucha. Ele abriu a possibilidade de escrever o roteiro junto, de sugerir coisas, é um diretor superaberto para isso. Eu e o Edu piramos dentro da proposta do filme”. Para finalizar, ele destacou o trabalho em conjunto: “Acho que o mérito dos Penetras é que não estamos concentrados em ‘eu vou atuar muito bem’. Estavam os três muito juntos, unidos no objetivo de fazer um bom filme, mais do que ter uma boa crítica ou fazer uma grande cena, arrancar muito riso. Se não conseguimos, quase conseguimos, o que já é ótimo”.

Entre na pagina “Os Penetras” no facebook e participe da promoção valendo ingressos para assistir o filme clique aqui

Fonte: Virgula

Galeria de fãs: Maria Júlia “Um texto que fiz sobre a história de Marcelo Adnet na aula de Português”

Galeria de fãs: Maria Júlia Um texto que fiz sobre a história de Marcelo Adnet na aula de Português   fas  Me lembro que vocês do blog sempre postavam histórias que os fãs contavam de como se tornaram admiradores do trabalho do Adnet, mas isso há algum tempo já.

Acompanho o trabalho do Adnet pelo blog, e sou fã de ambos. Bem, resolvi escrever esse texto sobre a vida do Adnet, numa aula de Português numa atividade que valia nota, então como gosto muito de escrever e gosto muito do Adnet resolvi fazer um texto sobre o Adnet.

 A história se passa no Rio de Janeiro no Humaitá, botafoguense fervoroso desde sempre, Adnet quando criança gostava de conversar com adultos, guerras, epidemias e política lhe interessava muito mais do que qualquer desenho animado, trocava qualquer brincadeira para assistir o horário político. Já foi apaixonado pelo Cristo Redentor e mania de jogo do bicho, hoje sua paixão é Dani e o papiamento.

Com seus 31 anos, Adnet já mergulhou de cabeça em muitas manias, como a de querer aprender a falar russo. Definitivamente Adnet era diferente, como ele mesmo dizia, no grupo dos caretas era hippie e no dos hippies era careta, de uma maneira ou de outra ele se interagia com todos, não tinha um grupo, nunca teve. Fez faculdade de comunicação e foi lá que finalmente se descobriu, descobriu que era normal, só que de um jeito meio errado, meio torto, meio inusitado e único.

Tudo caminhava estranhamente normal e bem, até que seu amigo Fernando Caruso, com quem costumava jogar conversa fora, fazer graça, fazer rir, teve a ideia de, sei lá, fazer uma participação num grupo de teatro. Um grupo pequeno, jamais diriam que de lá sairia grandes atores. E bastou pisar uma só vez nos palcos, sentir a energia do teatro, da plateia que crescia cada vez mais, que Adnet soube que aquele era o caminho. Estava escrito.

E como a vida não é fácil para nenhum de nós, para Adnet não foi diferente. Adnet desacreditou, acreditou, perdeu, ganhou, lutou, já ouviu muitos “nãos”, muitas portas se fecharam para ele. Mas ele continuou, cantou músicas inusitadas, atuou, improvisou, surpreendeu, alegrou e se divertiu e nos divertiu também.

Adnet já fez alguns filmes, alguns programas de TV, fez músicas, paródias, cantou e encantou o coração de Dani, sua mulher, com quem divide o trabalho, um programa na TV, um lar, uma vida inteira que eles ainda têm pela frente. Uma vida que recomeça a cada nascer do sol, que se renova, que se reinventa.

Hoje Adnet sorrir e faz rir das coisas da vida, emociona quem o assiste e se emociona fazendo o que gosta, o que faz sentir-se inteiro, completo, mais do que isso, Adnet mudou sua vida e a de muita gente, gente que ele nem conhece mas está sempre lá, para o aplaudir. Adnet e Dani estão juntos e são a prova viva da existência mais pura e simples que é o amor. Adnet é excelente. Dani é ótima. Juntos eles são incríveis.

Famosos prestam homenagem a Hebe Camargo

A morte da apresentadora Hebe Camargo, neste sábado, aos 83 anos, provocou comoção entre personalidades brasileiras. Os famosos vieram a público para prestar suas homenagens à madrinha da televisão brasileira, que sofreu uma parada cardíaca neste sábado em sua casa, em São Paulo, após uma luta de dois anos contra o câncer

Famosos prestam homenagem a Hebe Camargo   2012

“Mais cedo ou mais tarde a vida de todos nós chegará ao fim. Essa certeza é muito difícil de encarar. Brindemos à vida e obra de Hebe Camargo!”, escreveu no Twitter

Famosos prestam homenagem a Hebe Camargo   2012

“Tô muito triste. Só de pensar na Hebe já tenho vontade de sorrir e falar ‘Gracinha’, ela era linda de viver”, disse no Twitter

Fonte: Veja