Para matar saudade de Marcelo Adnet, que mora no Rio, Dani Calabresa fica na casa da sogra

Para matar saudade de Marcelo Adnet, que mora no Rio, Dani Calabresa fica na casa da sogra   dani calabresa marcelo adnet 2013

Passam das duas da tarde. Num dos camarins de um estúdio em Jacarepaguá, Dani Calabresa se prepara para gravar mais uma cena de “A esperança é a última que morre”, seu primeiro trabalho como protagonista no cinema. A seu lado, a cabeleireira Cláudia Cruz faz babyliss para deixar o cabelo da comediante — naturalmente liso — com ondas. Enquanto isso, as duas conversam sobre a participação de Dani no longa. A cena? Como boa comediante, ela responde:

— Um beijo de língua! — brinca a atriz.

Para matar saudade de Marcelo Adnet, que mora no Rio, Dani Calabresa fica na casa da sogra   dani calabresa marcelo adnet 2013

 Para matar saudade de Marcelo Adnet, que mora no Rio, Dani Calabresa fica na casa da sogra   dani calabresa marcelo adnet 2013

No filme, ela é Hortência, jornalista que sonha em ser âncora de TV. O problema é que, ao sofrer uma rasteira da colega Vanessa (Katiuscia Canoro), ela começa a noticiar uma série de crimes que, na verdade, nunca aconteceram. Dessa forma, acaba se destacando no noticiário.

— Ela descobre que a cidade onde mora tem o menor índice de assassinatos do país. Mas Vanessa rouba a ideia e diz que é sua — conta Dani: — É quando Hortência decide inventar as mortes.

As gravações começaram em 12 de novembro, dia em que Dani completou 32 anos. Durante um mês, só teve um dia de folga. E aproveitou para gravar o “CQC”, em São Paulo.

— Neguei participar de quatro filmes este ano porque sabia que seria protagonista deste — comenta Dani: — Preferi focar.

As gravações terminaram. Com isso, a rotina estabilizou um pouco. O que não mudou foram as viagens ao Rio, onde o marido, Marcelo Adnet, está morando.

— Ele vai toda a semana para São Paulo. Eu tento vir ao Rio uma semana sim, outra não — diz Dani: — Às vezes fico na casa da minha sogra, para matar a saudade.

Fonte: Extra