Tiago Leifert, Marcelo Adnet e Felipe Andreoli ‘formam’ boy band em festa da Globo

Quem era jovem no início deste século sabe a sensação que vem de dentro quando começa a tocar a música ‘I Want It That Way’, dos Backstreet Boys. Tiago Leifert, Marcelo Adnet e Felipe Andreoli não conseguiram se conter durante a gravação da vinheta de fim de ano da Globo quando ouviram “You are my Fire…”

Tiago Leifert, Marcelo Adnet e Felipe Andreoli formam boy band em festa da Globo   2016

Em um vídeo compartilhado pelo apresentador em seu Twitter, nota-se que os três têm futuro como membros de uma boy band (ou não).

Fonte: Estadão

Globo estreia a nova temporada da ‘Escolinha do Professor Raimundo’

Globo estreia a nova temporada da ‘Escolinha do Professor Raimundo’   globo tv 2016

No dia 16, a turma mais irreverente do Brasil estreia com episódio inédito a nova temporada na Globo. O especial completo da nova ‘Escolinha do professor Raimundo’, com os 10 episódios exibidos pelo VIVA e mais seis exclusivos, irá ao ar aos domingos, após o Esporte Espetacular. Sob a direção geral de Cininha de Paula e redação final de Daniel Adjafre e Péricles Barros, os 20 personagens emblemáticos da homenagem e seus novos intérpretes estão mais afiados que nunca. “Os textos estão ainda melhores e conectados com o dia a dia. Os atores também assimilaram ainda mais a essência desses personagens clássicos, que estão no imaginário do brasileiro”, conta a diretora.

Bruno Mazzeo (Professor Raimundo) segue no comando da turma composta por Ângelo Antônio (Joselino Barbacena), Betty Gofman (Dona Bela), Dani Calabresa (Catifunda), Ellen Roche (Capitu), Evandro Mesquita (Armando Volta), Fabiana Karla (Cacilda), Fernanda de Freitas (Marina da Glória), Fernanda Souza (Tati), Kiko Mascarenhas (Galeão Cumbica), Lucio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Marcelo Adnet (Rolando Lero), Marcius Melhem (Seu Boneco), Marco Ricca (Pedro Pedreira), Marcos Caruso (Seu Peru), Maria Clara Gueiros (Cândida), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Otaviano Costa (Ptolomeu), Otávio Müller (Baltazar da Rocha) e Rodrigo Sant’Anna (Batista).

“A ‘Escolinha’ toca no afetivo das pessoas porque foi um programa assistido por várias gerações. Na primeira temporada do especial foi uma comoção geral, tanto para o público quanto para o elenco, estávamos todos muito emocionados. Já agora, na segunda, tem também um público que assistiu o programa pela primeira vez no ano passado e curtiu bastante. É um clima de celebração, uma alegria renovada”, conclui Bruno Mazzeo.

Fonte: Area Vip

Clarice Falcão, Dani Calabresa e Gregorio Duvivier na pré-estreia de “Desculpe o Transtorno”

Dani Calabresa vive noiva paulistana de Eduardo, interpretado por Duvivier. Comédia estreia nesta quinta-feira (15) e mostra um triângulo amoroso.

A comédia “Desculpe o Transtorno” estreia nesta quinta-feira (15) e mostra um triângulo amoroso. Trecho do filme divulgado pela produção do longa mostra um pouco dessa relação. No vídeo, Viviane (Dani Calabresa), noiva paulistana de Eduardo (Gregório Duvivier), chega de surpresa na casa de Duca, a outra personalidade dele no filme, no Rio. No final, também aparece Bárbara (Clarice Falcão), a namorada de Duca.

O personagem de Duvivier é um cara certinho que mora em São Paulo, trabalha em uma empresa de patentes e tem uma noiva controladora. Ele descobre que tem dupla personalidade e terá que sair das confusões causadas por seu outro “eu”.

Clarice Falcão, Dani Calabresa e Gregorio Duvivier estiveram juntos, nesta terça-feira (06.09), na pré-estreia de “Desculpe o Transtorno”, que acontece no shopping JK Iguatemi, em SP.
No filme, Duvivier vive um personagem que sofre de dupla personalidade e incorpora as diferenças entre Rio de Janeiro e São Paulo. Um deles é o certinho paulistano e o outro é o bom.

O FILME ESTREIA DIA 15 DE SETEMBRO NOS CINEMAS

Fonte: Uol, Ego, Globo e Clube do Pop

Nova ‘Escolinha do Professor Raimundo’ ganha 2ª temporada

Sucesso do ano passado garantiu nova edição do humorístico, com 16 episódios inéditos e mesmo elenco

Nova Escolinha do Professor Raimundo ganha 2ª temporada   2016

Passar pela primeira temporada foi uma prova de fogo. A nova Escolinha do Professor Raimundo estreou em 2015 com um novo time de atores e humoristas prestando homenagem ao programa original, comandado por Chico Anysio, e aos personagens que formaram a histórica sala de aula. Foi um desafio e tanto para todos os envolvidos, sobretudo para Bruno Mazzeo, filho de Chico e que interpretou o professor Raimundo Nonato, papel eternizado justamente pelo pai. Parceria entre Globo e Viva, teve sete episódios, com participações de nomes como Lúcio Mauro Filho, fazendo Aldemar Vigário (personagem que também foi de seu pai, Lúcio Mauro, na antiga Escolinha); Rodrigo Sant’Anna, como Batista; Betty Gofman, como Dona Bela; Otaviano Costa, como Ptolomeu; Marcelo Adnet, como Rolando Lero; Marco Ricca, como Pedro Pedreira; Marcos Caruso e Mateus Solano, impagáveis, respectivamente, como Seu Peru e Zé Bonitinho, entre outros.

Mas a nova Escolinha fez tanto sucesso que ganha agora uma segunda temporada, com mais capítulos do que a anterior. O programa estreia nesta segunda, 12, no canal Viva, com 10 edições diárias, de segunda a sexta-feira, às 20h30. O humorístico completo, com 16 programas, incluindo seis inéditos, vai ao ar a partir de 16 de outubro, nas tardes de domingos, depois do Esporte Espetacular, na Globo – no Viva, o especial completo será exibido em 2017. Quando se soube que a nova Escolinha teria uma nova temporada? “Desde o fim da primeira, graças à resposta tão carinhosa por parte do público”, responde Bruno Mazzeo, em entrevista ao Estado.

Com direção-geral de Cininha de Paula – que estava na direção da Escolinha original, nos anos 1990 – e redação final de Daniel Adjafre e Péricles Barros, a segunda temporada da atração reuniu todos os atores da primeira, que repetem, novamente com entusiasmo, seus personagens. Ao Estado, Bruno Mazzeo fala sobre a repercussão após a estreia do programa e como será a nova temporada.

Como foi para você e para o restante do elenco a experiência com a primeira temporada da nova Escolinha?

A primeira temporada foi uma delícia de fazer e a repercussão foi muito positiva. Isso foi muito importante para todos nós, porque buscamos fazer uma grande homenagem a esse programa que foi um marco na TV brasileira. Na verdade, uma homenagem à comédia brasileira.

No seu caso, como foi a repercussão do público?

A repercussão foi incrível, com certeza muito maior do que eu imaginava. Vi o quanto a Escolinha toca no afetivo das pessoas. Pude perceber isso nas ruas, no jeito emocionado e emocionante com o qual vinham falar comigo. Por isso disse e repito: não fizemos um programa de humor, mas um programa de amor.

Como foi possível reunir todos os atores da primeira temporada nesta segunda?

Esse foi um dos grandes desafios da equipe de produção, juntar todo mundo. São 20 atores e todos envolvidos com outros projetos e compromissos. Mas todos nos apegamos muito à homenagem em 2015. Acho que todo o elenco estava ansioso para o retorno. O público sempre perguntava nas ruas, com muita expectativa.

Aquele sentimento de responsabilidade, o frio na barriga ao retomar um programa que foi tão marcante na carreira de Chico Anysio ficou para trás, junto com a primeira temporada, ou isso ainda acompanha você nesta nova temporada?

Estar de volta é tão emocionante quanto estrear. Mas também tem seu peso, né? De continuar com o trabalho que desenvolvemos na primeira temporada. Acredito que estamos ainda mais à vontade e descontraídos durante as gravações. Estamos tomando “posse” dos personagens e isso é sempre positivo para a comédia.

Há novidades?

O formato, claro, segue o mesmo. Assim como os personagens: ninguém entrou, ninguém saiu. Mas com certeza o texto foi aprimorado e os próprios atores já estão mais à vontade com seus personagens. Na nova temporada, as piadas se mantêm fiéis às características do programa, mas sempre associadas a temas atuais. O roteiro reflete no texto questões que estão no cotidiano do brasileiro, como a crise. Claro, os temas são abordados em tom de brincadeira.

Vocês chegaram a pensar em incluir novos personagens?

Pensamos sim, mas, por motivos diferentes, não rolou.

A nova temporada tem mais episódios que a primeira. Por quê?

O projeto deu tão certo em 2015 e o retorno nas ruas foi tão positivo que o público merece. Deu um gostinho de quero mais, não só para eles, como para nós.

Fonte: Estadão

Nova “Escolinha do Professor Raimundo” ganha novos episódios no Viva

Nova Escolinha do Professor Raimundo ganha novos episódios no Viva   2016

Sucesso em 2015 com sete programas, a nova versão da “Escolinha do Professor Raimundo”, parceria entre Viva e Globo, ganha 16 episódios inéditos que tem inicio nesta segunda (12).

No programa de estreia, Seu Batista (Rodrigo Sant’Anna) aproveita a ausência de Professor Raimundo (Bruno Mazzeo) e dá autógrafos da biografia não autorizada que escreveu sobre o mestre. A fila de alunos se forma, mas o Professor flagra a cena ao entrar na sala. Ainda no episódio, Zé Bonitinho (Mateus Solano) chega atrasado porque seu Bonitomóvel foi parado na blitz da Lei Seca. Já Seu Boneco (Marcius Melhem) tem novidade: anuncia que agora é lutador de UFC. Na versão do personagem, o Ultimate Fight Championship vira Ultimêiti Fáiti Caxia. Dona Catifunda (Dani Calabresa) também arruma emprego novo. A animadora de festa infantil conta que inovou na profissão e lança brincadeiras como “milícia-e-ladrão”, “sequestrinho-relâmpago” e “pic-pega zika vírus”.

O elenco é liderado por Bruno Mazzeo e se completa com Ângelo Antônio (Joselino Barbacena), Betty Gofman (Dona Bela), Dani Calabresa (Catifunda), Ellen Rocche (Capitu), Evandro Mesquita (Armando Volta), Fabiana Karla (Cacilda), Fernanda de Freitas (Marina da Glória), Fernanda Souza (Tati), Kiko Mascarenhas (Galeão Cumbica), Lucio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Marcelo Adnet (Rolando Lero), Marcius Melhem (Seu Boneco), Marco Ricca (Pedro Pedreira), Marcos Caruso (Seu Peru), Maria Clara Gueiros (Cândida), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Otaviano Costa (Ptolomeu), Otávio Müller (Baltazar da Rocha) e Rodrigo Sant’Anna (Batista). A nova “Escolinha” tem direção geral de Cininha de Paula e redação final de Daniel Adjafre e Péricles Barros.

A segunda temporada de “Escolinha do Professor Raimundo” estreia dia 12 de setembro, às 20h30 no Viva.

Leia Mais: Vc Faz.